Compartilhe
facebook twitter gplus

Combinação de grandes cidades e ski na Europa

01/12/2022

Combinar as melhores estações de ski na Europa com uma esticada às grandes cidades do continente é uma tendência desta temporada. Na Itália e na Suíça, é possível esquiar em estações incríveis como Zermatt ou Cortina D'Ampezzo, além de aproveitar as diversas atrações culturais e gastronômicas de Milão ou até mesmo de Zurique em uma mesma viagem.
 

Se a ideia é se divertir na temporada de neve da Itália, a tradicional e sofisticada Cortina D´Ampezzo é aposta certa, com seu animado après-ski em uma combinação perfeita da alma italiana, muito charme e atividades que agradam tanto experts quanto iniciantes nos esportes de inverno. A nossa indicação é aproveitar, também, Milão, uma das capitais mundiais da moda, ideal para compras das mais renomadas grifes, conhecer ótimos museus e  vivenciar uma cena gastronômica de prestígio.
 

Na Suíça, Zermatt nunca decepciona. Além do charme alpino do resort de ski, a presença constante do Matterhorn, um dos maiores cartões-postais da Europa, é sempre especial. O clima de vila de montanha é mantido na delicadeza da arquitetura e pelas charretes, que substituem os carros, proibidos no local. Combinar a viagem com uma esticada a Zurique é uma opção interessante - a cidade tem uma cena artsy contemporânea, diversidade arquitetônica e vida noturna movimentada até mesmo no inverno.

Zermatt, Suíça

Cristallo, a Luxury Collection Resort & Spa

Cortina d'Ampezzo, Itália

Cercada pelos dramáticos penhascos rochosos das Dolomitas, a tradicional e sofisticada Cortina D’Ampezzo possui animado après-ski, em um casamento perfeito com a alma italiana, gastronomia e muito charme. O Cristallo Resort & Spa é considerado o mais exclusivo e tradicional resort dos Alpes italianos. Inaugurado em 1901, o hotel combina harmoniosamente sofisticação e conforto, fato que lhe rendeu reconhecimento internacional e prêmio de melhor hotel de ski da Itália em várias oportunidades.
 

Mandarin Oriental, Milan

Milão, Itália

Um dos mais novos hotéis do grupo Mandarin Oriental, o hotel ocupa quatro edifícios históricos, do século 19, a poucos passos de La Scala e da Via Monte di Pieta, em um local privilegiado de Milão. O design de interiores do hotel leva a assinatura do italiano Antonio Citterio, designer que está entre os mais badalados da Itália. Além da gastronomia, com restaurantes de inspiração contemporânea, o Mandarin Oriental, Milão ainda possui um spa com 900m2, seis salas de tratamento e equipe especializada em tratamentos e terapias holísticas.

Mont Cervin

Zermatt, Suíça

Aberto em 1852, o Mont Cervin é um destino tradicional no centro de Zermatt. Com vista para o imponente Matterhorn ou para as montanhas, os quartos revisitam o estilo alpino com elegância. Na gastronomia, são diversas opções disponíveis para os hóspedes, incluindo o Capri, premiado com uma estrela no Guia Michelin e comandado pelo chef Andrea Migliaccio. Já no spa, a ampla piscina oferece uma vista relaxante do exterior e tratamentos para renovar as energias.
 

La Reserve Eden au Lac Zurich

Zurique, Suíça

Único e elegante, o lendário hotel La Réserve Eden au Lac Zurich, é calmo como os dias maravilhosos que se passaram desde que foi inaugurado às margens do lago há mais de 100 anos. Dos 40 quartos e suítes, ao restaurante e ao bar, tudo foi redesenhado para oferecer aos hóspedes uma experiência requintada e intemporal, fiel aos valores de excelência, autenticidade e simplicidade do La Réserve. Um dos highlights é o estrelado restaurante Eden Kitchen & Bar, que promete ser um ponto de encontro incontornável em Zurique. Comandado pelo chef italiano Marco Ortolani, veterano de restaurantes de prestígio na Itália e em Londres, além da experiência adquirida na Argentina e em Hong Kong.

0 Comentário