Compartilhe
facebook twitter gplus mail

Navegando de Nova Orleans ao Rio de Janeiro

07/12/2018

Serviços personalizados, suítes com vista para o oceano e alta gastronomia: com saída marcada para o dia 5 de janeiro e chegada dia 24 do mesmo mês, a viagem de 19 dias de Nova Orleans ao Rio de Janeiro será feita pela Crystal Symphony, da Crystal Cruises, considerado um dos navios mais espaçosos e sofisticados do mundo.

Com o título de “Wine & Food Festival Cruise from New Orleans to Rio de Janeiro 2019”, a viagem tem como um dos highlights a experiência de degustação de vinhos. A bordo, haverá harmonização com os cardápios dos restaurantes e palestras com especialistas.

Outra característica da experiência é o conceito de bem-estar. Dentre os tratamentos de rejuvenescimento proporcionados aos hóspedes no Crystal Spa, estão o Aroma Stone Therapy, Japanese Silk Booster Facial, e Being Massage. No spa ainda há hamman, fitness center e aulas de yoga e pilates.

Aos apaixonados pela arte cinematográfica, é possível aprender sobre Cinema Digital na Escola de Artes Cinematográficas Creative Learning Institute®, ou sobre arte e história através de palestras. Como parte da experiência, os filmes recém-lançados podem ser conferidos no Hollywood Theatre em sessões especiais. As experiências a bordo do Crystal Symphony ainda incluem cassino, aulas de golfe e salões de dança.

No roteiro do Crystal Symphony, passagens por ilhas do Caribe, como Curaçao, Ilhas Cayman e Granada, e por destinos da América do Sul, como Devil’s Island, na Guiana Francesa, e as cidades brasileiras de Recife, Salvador e Rio de Janeiro, a última parada.

Itinerário

Nova Orleans, Estados Unidos
Uma das cidades mais antigas dos Estados é também uma das mais ricas culturamente, que praticamente respira história, com suas influências europeias e africanas, e música, como o jazz – que inspirou apresentações de músicos solitários ou das chamadas big bands. Foi fundada em 1718 às margens do Rio Mississipi, no estado de Louisiana. Dentro os destaques da cidade está a rua mais famosa de Nova Orleans, a Bourbon Street, que esbanja arquitetura clássica e possui diversas opções de entretenimento, com boa gastronomia, bares e casas de jazz.


George Town, Ilhas Cayman
As Ilhas Cayman têm o que o Caribe reserva de melhor: dias ensolarados, praias infinitas cercadas por recifes de corais, e águas transparentes repletas de vida marinha. Beleza a perder de vista. Em terra, os bairros coloniais dominam a área de West Bay, enquanto  East End é repleta de atrativos naturais, como os jardins botênicos. A pitoresca George Town, capital do país, possui uma atmosfera charmosa britânica, com inúmeros locais para compras. Seven Mile Beach, uma famosa praia de nove quilômetros, é uma ótima opção para relaxar e aproveitar as águas cristalinas.


Willemstad, Curaçao 
A colorida cidade de Willemstad, capital de Curaçao, é declarada Patrimônio Mundial pela Unesco e bastante famosa pela arquitetura holandesa dos seus belíssimos edifícios. Mas as influências não vieram só dos Países Baixos: a mistura harmoniosa de culturas holandesas, caribenhas, africanas e sul-americanas tornou a cidade única entre todas do Caribe. Pequena, é um ideal para fazer passeios a pé e conhecer suas lojas, mercados e, claro, suas praias.
 

St. George's, Granada
Conhecida como Ilha das Especiarias graças ao cultivo de diversos tipos de temperos, Granada tem muito a proporcionar. St. Georges, a pitoresca e pequena capital é envolta por muita história e conhecida por abrigar o porto mais bonito do Caribe. Foi fundada em 1705 por colonos franceses, que chamavam a cidade de Fort Royal. Aliás, grande parte do seu encanto atual se deve à mistura de culturas da era colonial, que refletem nas típicas casas de arquitetura da França e da Inglaterra. Da brisa que assopra das montanhas em direção às praias de areia branca, é possível até mesmo sentir o aroma das plantações de temperos.


Ilha do Diabo (Iles du Salut), Guiana Francesa
A Ilha do Diabo faz parte das chamadas Ilhas da Salvação, locais para onde os presos eram levados para cumprirem pena. A penitenciária foi aberta pela primeira vez em 1852, e se tornou uma das mais famosas prisões da história antes de fechar em 1946. Era quase impossível escapar de lá: além de barco, a única saída era através de uma selva densa. O prisioneiro da Ilha do Diabo que ficou mundialmente famoso foi Henri Charriére, considerado o único condenado a conseguir escapar. 
 

Recife, Pernambuco
Quente e ensolarada praticamente o ano inteiro, Recife é uma cidade que esbanja alegria. Com influência holandesa e portuguesa, a capital de Pernambuco é repleta de igrejas barrocas e mansões de épocas coloniais. Suas praias estão entre as mais bonitas do Brasil, com destaque para a Praia de Boa Viagem, dominada por bons restaurantes e cafés convidativos. Graças às suas numerosas vias de navegação ​​e inúmeras pontes, Recife foi apelidada por visitantes e moradores de “Veneza do Brasil”.
 

Salvador, Bahia
Conhecida por sua culinária apimentada, arquitetura colonial e pelos ritmos musicais como o Axé, Salvador é um verdadeiro caldeirão cultural. Aqui, as influências portuguesas e africanas se misturaram e criaram um destino único em terras brasileiras. A primeira capital do Brasil possui uma atmosfera histórica e alegre ao mesmo tempo - Pelourinho, um dos bairros mais famosos da capital, possui construções que datam dos séculos 17 e 19 estão na lista de Patrimônios da Humanidade da Unesco. E as praias? Dispensam comentários. 
 

Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Como cantava Tim Maia: “O Rio de Janeiro continua lindo!” Aos pés do magnífico Cristo Redentor está essa cidade, que é considerada por muitos como uma das mais bonitas do mundo. E não é por menos - suas praias sedutoras e famosas como Ipanema seguem inspirando canções e poemas. E, ao longo da famosa Orla de Copacabana, decorada com artes em mosaico, estão inúmeros restaurantes prestigiados, lojas elegantes, e um estilo de vida saudável e convidativa a corridas e caminhadas pelo calçadão. 

Nova Orleans, Estados Unidos
0 Comentário